Advogado de estudante morto na tragédia de Goiânia questiona motivação do crime

Para Bueno, não há relato na escola sobre o comportamento de Pedro que caracterizasse bullying dentro da escola

Por Moderador 27/10/2017 - 00:09 hs

Advogado de estudante morto na tragédia de Goiânia questiona motivação do crime
Divulgação Internet
O advogado André Bueno, que representa a família do estudante Pedro Calembo, de 13 anos, morto na última sexta-feira (20) na tragédia de Goiânia questiona o real motivo do crime. Para Bueno, não há relato na escola sobre o comportamento de Pedro que caracterizasse bullying dentro da escola. 
 
Por outro lado, o delegado responsável pelo caso, Luiz Gonzaga Júnior, disse em entrevista ao G1, que o jovem tinha afirmado que estava sofrendo bullying.  "Ele informou que os colegas estavam 'amolano' ele e, por isso decidiu disparar os tiros contra eles inspirado em outras tragédias. 
O pai de João Pedro, o publicitário Leonardo Marcatti Calembo, disse em sua rede social que perdoa o atirador. "Ele não tem culpa, não sabia o que estava fazendo. Não tinha noção que estava destruindo família".